Quatro anos depois de iniciar suas operações no país, o Nubank está se tornando um banco. A empresa anunciou nesta terça-feira (24) que passará a oferecer a NuConta, um serviço de conta digital, em complemento aos cartões de crédito que já emite.

Clientes do cartão poderão abrir a conta com apenas dois cliques no aplicativo. Quem ainda não tem o cartão precisará baixar o app e fazer o cadastro – nesse caso, não há a necessidade de esperar análise de crédito, a conta se abre imediatamente. Nos dois casos, não há nenhuma tarifa e com uma proposta de rentabilidade  muito próxima à taxa Selic enquanto a da poupança está fixada em 70% da Selic + TR

As transferências de recursos poderão ser feitas em tempo real entre os clientes da NuConta, de forma ilimitada e sem custos; elas serão facilitadas por meio de um QR Code no aplicativo do Nubank. TEDs para outros bancos também serão gratuitas. Além disso, o dinheiro depositado na conta digital renderá todo dia útil, com uma taxa “bem maior do que a poupança e a maioria das opções de CDBs presentes no mercado”.

Ao contrário de bancos tradicionais, a NuConta é 100% digital e ainda não trabalha com saque de dinheiro físico nem depósitos bancários. Além das transferências feitas a partir de contas de outras instituições, a NuConta oferece serviço de saques com cartão de crédito iguais aos do cartão Nubank tradicional.

Segundo o Nubank, ao longo dos próximos dias a NuConta começará a ser liberada em fase beta para alguns dos usuários, e chegará para os demais clientes da empresa dentro dos próximos meses. Quem quiser se inscrever para ter acesso antecipado ao recurso pode fazê-lo aqui Nubank A empresa pretende que a NuConta esteja disponível para todos no primeiro trimestre de 2018.